Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

O que fazer ao seu electrodoméstico velho?

Mäyjo, 01.02.14

O que fazer ao seu electrodoméstico velho?

 

As campanhas e avisos sucedem-se, mas ainda podemos encontrar muitos electrodomésticos em fim de vida junto dos ecopontos e caixotes de lixo portugueses.

A situação é prejudicial ao ambiente: alguns equipamentos, como frigoríficos, telemóveis, computadores e monitores, contêm substâncias tóxicas e nocivas para o ambiente. Quando não são desmantelados de acordo com as normas de segurança ambiental, eles acabam por libertar para a atmosfera substâncias extremamente nocivas, como chumbo, arsénio, mercúrio, entre outros, constituindo um risco para o ambiente e saúde pública.

Por outro lado, a reciclagem dos equipamentos eléctricos permite a recuperação de matérias-primas como o plástico e o vidro, mas também de substâncias valiosas como o cobre ou o ouro.

De acordo com a Amb3E, apenas cerca de 30 a 40% dos resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos (REEE) são devidamente tratados e reciclados, existindo canais não oficiais de recolha de REEE.

O que fazer ao electrodoméstico velho?

Por todos estes motivos, é importante que as pessoas saibam como e onde podem depositar o seu equipamento usado.

Se pretende adquirir um equipamento novo, pode gratuitamente proceder à troca do novo pelo velho, desde que o equipamento novo cumpra a mesma função. Esta regra estende-se para a entrega ao domicílio.

Se não pretende adquirir um equipamento novo pode encaminhar da seguinte forma:

1.Os electrodomésticos pequenos, como batedeiras, telemóveis, rádios, entre outros, podem ser depositados num dos Ponto Electrão existentes em todo o País (ver locais emwww.amb3e.pt).

2.Grandes equipamentos ou grandes quantidades de resíduos podem ser entregues num dos centros de recepção que estão preparados para receber, gratuitamente, todos os fluxos de REEE

3.Entrega nas Corporações de Bombeiros com protocolo com a Amb3E

4.Também é possível solicitar os serviços da Câmara Municipal da área de residência para que o recolham no local.

O que acontece ao meu electrodoméstico depois de eu o entregar?

Depois de entregues, os REEE são recolhidos através do sistema de logística gerido pela Amb3E. Os equipamentos são enviados para tratamento e valorização nas UTV. Depois de separados em cinco fluxos seguem para desmantelamento sendo os seus componentes separados, alguns posteriormente incorporados em novos equipamentos.

Finalmente, alguns equipamentos ainda podem ser recuperados e reutilizados e são entregues pela Amb3E a instituições de solidariedade social, através da Entrajuda.

Ainda tem dúvidas sobre a reciclagem de resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos? Todas as informações sobre a rede de locais de recepção da Amb3E podem ser encontradas no site www.amb3e.pt ou através da linha verde 800 262 333.


Foto: Greg Walters, sob licença Creative Commons


in: Green Savers